sábado, 4 de junho de 2011

nunca te irei esquecer

Ainda hoje quando estou contigo sinto que não me és indiferente. Sinto que foste o rapaz por quem mais me apaixonei.. Embora não te ame neste momento, não deixas de mexer comigo. Não deixas de me por um sorriso na cara. Ainda hoje quando falas comigo penso na maneira como pode gostar tanto de ti. E sim gostei mesmo. Demorei mais de um ano a esquecer-te. E mesmo assim nunca te vou esquecer. Nunca vou esquecer cada momento. Cada beijo. Cada abraço. Cada manhã. Cada tarde. Cada noite. Cada dia. Cada mês. Nunca vou esquecer a tua maneira de ser. És especial, e tu sabes disso. Sabes que não te amo, e sabes que podes contar sempre comigo. Ainda hoje me ajudas. Sabes como fazê-lo. Sabes que estarei cá sempre para ti, porque apesar de tudo. Apesar de me teres feito sofrer, acima disso fizeste me crescer. Fizeste me perceber que ninguém é igual a ninguém. Que todos somos diferentes. Que tenho que aceitar as diferenças dos outros. Apesar de tudo até te agradeço. Somos amigos, e bons amigos. E agora digo que estamos melhor. Um sem o outro. Foste uma paixão louca que tive. Digo mesmo que era obcecada por ti. E ver-te todos os dias, a toda a hora , em todos os minutos e até segundos , não ajudava mesmo nada. 
E com as férias, com a mudança de turma, com todo o nosso afastamento eu consegui esquecer-te mesmo. A minha atracção por ti não morreu por completo e vi isso ontem. Continuou a gostar imenso de ti apesar de agora não saber quase nada ti ,nem tu de mim. 
Eu mudei e tu foste dos únicos que não me criticou. Fiquei bastante surpreendida porque tu amas criticar qualquer um. Mas desta vez não o fizeste pelo respeito que tens por mim. Continuou a estar disposta ajudar-te como sempre estive. Sabes bem. 

2 comentários:

slipa disse...

sigo (:
este texto , é muito parecido com a minha história , muito ...

Daniela Rodrigues ♥ disse...

obrigada e boa sorte então (: